Politicas organizacionais

É através das nossas políticas organizacionais que no nosso quotidiano nos esforçamos para atingir os objetivos e metas estabelecidas e aplicam-se de forma transversal a todas as respostas sociais e serviços.

Política da qualidade

A APSCDFA está fortemente comprometida com a implementação da qualidade e melhoria contínua dos seus serviços e do seu ambiente organizacional, certos de que a excelência se atinge com o contributo, participação e satisfação de todas as partes interessadas.

Através da sensibilização, motivação e qualificação dos colaboradores, a APSCDFA pretende prestar um serviço de qualidade, focado no cliente, acrescentando continuamente valor aos padrões de qualidade de vida do mesmo. Tem ainda como objetivos:

a)       Fomentar a satisfação dos clientes, promovendo o ser desenvolvimento de acordo com as suas necessidades/potencialidades e expetativas, promovendo uma intervenção holística;

b)      Contribuir para o desenvolvimento profissional (competências técnicas) dos colaboradores e integrá-los de forma a sentirem-se parte integrante de todo o sistema organizacional;

c)       Consolidar o sistema de gestão participativo, em que todas as partes integrantes (clientes, significativos, colaboradores, entidades parceiras e outras partes interessadas) possam dar o seu contributo nas tomadas de decisão;

d)      Garantir a confidencialidade e o direito à imagem dos clientes e colaboradores;

e)       Promover uma cultura de inovação, impulsionando novas ideias, metodologias e atividades;

f)        Valorizar o trabalho desenvolvido em parcerias, potenciando e captando sinergias;

g)       Melhorar continuamente o sistema de qualidade e, consequentemente a prestação de serviços.

 

Política de recursos humanos

A APSCDFA identifica os colaboradores como um recurso para a competitividade na organização, por isso assenta a sua gestão numa dinâmica participativa onde há compromisso global e corresponsabilização pelo projeto da organização entre colaboradores e chefias e gestão de topo.

 

Política de Recrutamento e Seleção

O recrutamento e seleção é considerado pela APSCDFA uma fator competitividade da organização. Por isso, este processo assenta em diretrizes específicas de modo a promover a integração de colaboradores com competências e aptidões adequadas ao desempenho de uma determinada função, num processo transparente e objetivo.

 

Política de reconhecimento de colaboradores

Consciente de que os colaboradores funcionam como um motor da organização e consequentemente do sucesso da mesma, a APSCDFA considera de extrema importância o reconhecimento dos seus colaboradores de forma a maximizar o contributo dos colaboradores através do seu desenvolvimento e envolvimento.

 

Política de participação

A abordagem praticada pela APSCDFA assenta na orientação para o cliente, assim, todos os clientes são chamados a participar ativamente na vida da Associação, assumindo o direito à participação e dando contributos para a melhoria dos serviços e a gestão integrada dos mesmos.Esta política de participação inclui também colaboradores, entidades parceiras e outras partes interessadas, envolvendo-os e fomentando a sua participação de modo a contribuir para uma gestão partilhada.

 

Política de ética

A política de ética da APSCDFA, que se encontra refletida no seu código de conduta, visa preservar os direitos do Homem, bem como os direitos específicos dos vários grupos-alvo, de modo a promover o respeito e a igualdade entre clientes, colaboradores e partes interessadas.

 

Política de igualdade de oportunidades e não-descriminação

A APSCDFA preocupa-se em assegurar aos seus clientes a igualdade de oportunidades, valorizando-os, criando-lhes oportunidades de melhoria da qualidade de vida e garantindo a sua participação equitativa numa sociedade aberta e inclusiva.

 

Política de confidencialidade

A APSCDFA tem como princípio de ação a reserva da vida privada e dos direitos, preservando sempre a imagem e a dignidade dos clientes e/ou colaboradores. Todos e quaisquer dados pessoais recolhidos são arquivados para nosso uso exclusivo ou para responder a entidades financiadoras e/ou reguladoras, sendo sempre que se revelar necessário, recorreremos ao consentimento informado. Política de prevenção de abusos fisicos, psicológicos e financeiros.

 

Política de prevenção de abusos físicos, psicológicos e financeiros

A APSCDFA implementa estratégias que garantam o controlo e prevenção de abusos físicos, mentais e financeiros dos seus clientes, através de regras orientadoras e formas de atuação perante situações potencialmente perigosas.

A APSCDFA intervém perante situações ou potenciais situações de maus-tratos e abusos tendo estratégias ao nível da prevenção primária (Segurança Social, Serviços de Educação e Saúde) tentando arranjar soluções no seio familiar, social, educacional, cultural e económico do cliente.

 

Política de melhoria contínua

A APSCDFA encontra-se fortemente comprometida com a melhoria contínua dos seus serviços, visando a otimização das condições operacionais, satisfação dos seus clientes e outras partes interessadas, adotando práticas inovadoras e abrangentes, fomentando a participação e perspetivando em cada resultado menos positivo, uma oportunidade de melhoria.

 

Política da abrangência

A APSCDFA enquanto entidade prestadora de serviços na área social, realiza as suas intervenções identificando o cliente como um todo, respeitando a sua vida numa perspetiva ecossistémica, procurando dar resposta a todas as necessidades do cliente, realizando uma intervenção holística e de continuidade de serviços.

 

Política de parcerias

A APSCDFA enquanto entidade prestadora de serviços na área social, realiza as suas intervenções identificando o cliente como um todo, respeitando a sua vida numa perspetiva ecossistémica, procurando dar resposta a todas as necessidades do cliente, realizando uma intervenção holística e de continuidade de serviços.

 

Politica de formação profissional

 

A formação profissional assume nos tempos que correm, cada vez mais, uma fonte de transmissão de conhecimentos e de competências. Para a APSCDFA a formação representa uma forma de dotar as pessoas de competências que as tornem aprazíveis ao mercado de trabalho. Trata-se de fazer reconhecer e de promover a qualificação como um fator chave da competitividade e do crescimento.

 

 

Contatos

  • Avenida 25 de Abril, 6370-174 Fornos de Algodres
  • 271701335
  • 271701337
  • geral@apscdfa.pt

Resolução de Conflitos

Siga-nos no Facebook